4 novidades no transporte público que vieram para ficar

4 novidades no transporte público que vieram para ficar

O transporte público é uma das principais opções de locomoção em grandes capitais. Na cidade de São Paulo, por exemplo, o sistema público chegou a transportar 10,5 milhões de usuários diários antes da pandemia.

Em 2020, durante o período de maior isolamento social, foram transportados 4 milhões de passageiros por dia. Só para se ter ideia esse número é maior do que a população total da capital federal, Brasília.

Com tanta gente acessando os modais, é muito importante buscar melhorias para a experiência do usuário. Na capital paulista, soluções inovadoras como o bilhete digital QR Code, desenvolvido pela Autopass, visam à maior segurança e agilidade na mobilidade urbana.

Mas você sabe quais são as outras novidades do transporte público da maior cidade da América Latina? Conheça algumas delas a seguir!

1. Bilhete digital: mobilidade e segurança no transporte público

Uma das novidades do transporte público da capital paulista é o TOP, Bilhete Digital QR Code da Autopass. Mas você sabe quais as vantagens desse tipo de bilhetagem? Uma delas é a segurança. Os bilhetes digitais são um QR Code, um código de barras 2D. Cada bilhete tem um padrão único, o que reduz as fraudes que prejudicam tanto passageiros quanto os cofres públicos.

Além da segurança, o bilhete digital mantém a integração entre os modais. Assim, os passageiros podem acessar as linhas de metrô e da CPTM, por exemplo. Sendo assim, terão à disposição mais modais para se locomover por São Paulo, melhorando a experiência no que diz respeito à mobilidade.

2. Autoatendimento: agilidade para usuários do transporte público

Outra novidade que veio para ficar é o autoatendimento nas estações. Nesses totens, os usuários podem consultar saldos, além de comprar o Bilhete Digital QR Code. Também será possível fazer recargas no cartão TOP.

Certamente, essa solução reduzirá o tempo de espera para comprar as passagens. Isso porque no autoatendimento é possível realizar a compra utilizando, além do dinheiro, o cartão de débito, uma velha demanda dos passageiros. Com menos problemas de filas, por exemplo, os passageiros têm uma experiência de compra mais rápida e eficiente.

Mas as mudanças não param por aí. Também será possível comprar o Bilhete Digital QR Code e fazer recargas em estabelecimentos parceiros. Com mais opções, os passageiros podem se programar e comprar sua passagem no caminho até a estação.

3. Atendimento via WhatsApp e pagamento com cartão de crédito

Outra novidade que veio para ficar é a possibilidade de fazer recargas do bilhete digital sem a necessidade de sair de casa. É isso mesmo! Quem precisa utilizar o transporte público poderá comprar o Bilhete Digital QR Code pelo WhatsApp. O pagamento pode ser feito com um PIX ou com cartão de crédito.

Opção que vai ao encontro das necessidades dos usuários, a recarga via aplicativo de mensagens também busca reduzir o volume de filas nos terminais e nos totens de autoatendimento, valorizando o tempo do cliente.

4. Aplicativos de recarga: outra facilidade para os passageiros

Outra novidade para os usuários do transporte público são os aplicativos de recarga. Se os usuários já contavam com o aplicativo VouD para fazer recargas do Bilhete Único e do cartão BOM, agora terão a opção do aplicativo TOP.

Assim como o VouD, o aplicativo TOP também está disponível para os sistemas Android e iOS. Nele é possível comprar o bilhete digital QR Code ou fazer as recargas do cartão TOP. Além disso é possível acessar uma conta digital TOP para fazer transações como pagamentos e depósitos.

Dessa forma, a solução da Autopass inova ao oferecer mais serviços  que simplificam e agilizam o dia a dia dos passageiros de São Paulo e região metropolitana.

O que está por vir no transporte público?

Soluções como o bilhete digital e aplicativos focados na mobilidade urbana já são realidade em grandes capitais, como a cidade de São Paulo. Mas há muita coisa ainda por vir. A Autopass já é pioneira no desenvolvimento de sistema de reconhecimento facial dos passageiros.

Capturando e armazenando as imagens dos usuários do transporte público, o objetivo é auditar as imagens dos passageiros beneficiários da meia tarifa ou da gratuidade nos transportes.

Em síntese, o sistema inova ao permitir acompanhamento em tempo real de toda a operação e foi pensado para reduzir as fraudes e invalidar os usos indevidos dos benefícios.

Curtiu este artigo? Então, continue acompanhando o blog Conhecimento em Foco e conheça mais sobre tendências, dicas e novidades em mobilidade urbana!

Autopass

atendimento@autopass.com.br

Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1327, 10º Andar
Itaim Bibi – Internacional Plaza II
São Paulo, SP

Este site é melhor visualizado no Navegador IE 9 ou superior | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | AUTOPASS – 2021